Edição Nº 102 - Janeiro/Fevereiro de 2020 - Ano XVIII
8830 visualizações
Tratamento de água e setor automotivo impulsionam mercado de meios filtrantes


Tratamento de água e setor automotivo impulsionam mercado de meios filtrantes



por Stephanie Manchado

 

O ano de 2019 começou trazendo novas perspectivas para o país. Com a mudança no panorama político, pós-eleições de 2018, a ideia de que transformações na economia seriam realizadas se tornou mais forte.
De início, estas expectativas aqueceram o mercado, incluindo o setor de meios filtrantes.
A esperança de que reformas governamentais iriam estimular a produção e o consumo no país também surgiu no início do ano passado. Apesar de ter conseguido a aprovação da reforma da previdência, por exemplo, os efeitos positivos para a economia ainda não foram sentidos. É possível considerar que o ano de 2020 comece a sentir os reflexos da reforma.
Assim, com o decorrer dos meses de 2019, pode-se perceber que grandes mudanças econômicas e políticas não aconteceriam do dia para a noite, pois necessitam de tempo para se estabelecer. Assim, a animação com o novo ambiente brasileiro foi se estabilizando. Portanto, foi um ano de adaptação para boa parte do mercado, o que não quer dizer que não tenha sido um bom ano para diversos setores.
No mercado de meios filtrantes, por exemplo, não houve desaceleração de vendas. Para grande parte das empresas deste meio, este ano continuou sendo de crescimento por oferecerem materiais e serviços não só necessários para a sociedade, como primordiais. Os setores de tratamento de água e automobilístico são exemplos de mercados que se desenvolveram em 2019, apesar do brando amadurecimento do país.
A tendência para o Brasil é um crescimento gradual da economia nos próximos anos e, por isso, as expectativas para 2020 são boas. “Estamos falando de um país com quase duzentos milhões de habitantes e uma das maiores economias do mundo. Uma vez que as decisões governamentais sejam bem executadas, acreditamos que o mercado reagirá de forma positiva, fazendo com que toda cadeia produtiva volte a crescer” – comenta Robson Quito, gerente de vendas nacional da linha de filtros da Delphi Technologies.
Todas as mudanças ocorridas no país em 2019 contribuíram com a melhora na expectativa do mercado de filtros, mudando pouco a pouco a realidade da economia. “O mercado como um todo está mais confiante. Muitas mudanças econômicas estão nos mostrando um horizonte mais seguro e isso leva a um crescimento do mercado” – afirma diretor de vendas e marketing da Wega Motors, Cesar Costa ...


AVISO

Para acessar esta matéria na íntegra é necessário estar logado.Clique aqui para realizar o seu cadastro!
Já tem login? clique aqui

Publicidade