Edição Nº 97 - Março/Abril de 2019 - Ano XVII
7000 visualizações
Combinação de membranas mostra alto desempenho e cresce no mercado


Combinação de membranas mostra alto desempenho e cresce no mercado



por Cristiane Rubim


As membranas existentes são de Microfiltração (MF), Ultrafiltração (UF), Nanofiltração (NF) e Osmose Reversa (OR). “Não existe uma mais eficiente que outra, mas, sim, a mais adequada para cada tipo de aplicação, o que queremos remover ou concentrar da corrente líquida. Por esta razão, dependendo da aplicação, seja necessária a combinação de dois ou três tipos de membranas para se chegar ao objetivo desejado de qualidade ou concentração” – explica Marcelo Bueno, gerente regional – membrane technology da Toray do Brasil.
As membranas filtrantes são cada vez mais utilizadas em estações de tratamento de efluentes devido ao seu desempenho muito melhor que métodos de tratamento convencionais e seu custo minimizado ao longo do tempo. “São uma barreira física e possuem um nível de retenção muito alto de sólidos e impurezas. Com a necessidade de reúso de água, as membranas assumem um papel essencial, pois geram água de boa qualidade a partir do efluente industrial ou doméstico” – aponta Daniel Paiva Pavan, gerente de vendas da Kubota.

Ganhos na performance 
As membranas filtrantes são usadas na indústria de laticínios, sucos, vinhos, eletroforese, no tratamento de água e esgoto etc. Sua principal vantagem é proporcionar uma separação de qualidade consistente. “Em alguns casos, a capacidade de uma membrana para recuperar produtos torna um processo de produção ou fabricação economicamente viável, aumentando os rendimentos e eliminando o desperdício. Além disso, os sistemas de membrana reduzem os custos com espaço físico, trabalho e manutenção” – expõem Henia Yacubowicz, vice-presidente de tecnologia e engenharia de processo, e Taylour Johnson, gerente de produto para água e efluente, da Koch Membrane Systems.



Sempre presente

As membranas sempre estiveram presentes em processos industriais para a produção de polímeros, lácteos, separação de óleo etc. Mas foi nos anos 90 que sua aplicação para tratamento de água e efluentes disparou, buscando uma melhor qualidade da água tratada ou alta eficiência para descarte de eflue ...


AVISO

Para acessar esta matéria na íntegra é necessário estar logado.Clique aqui para realizar o seu cadastro!
Já tem login? clique aqui

Publicidade


+55 11 4475-5679 | 11 97140-7485

© 2001 - 2019 Todos os direitos reservados | By L3ppm